Anúncio com Código

Para Ver Antes de Morrer: #261. Van Halen | Jump

Para Ver Antes De Morrer | 09 out 14 - por João Paulo Porto
van-halen-50f3b61a969ad

Van Halen é uma banda californiana formada no final dos anos 70, conhecida por ter Eddie Van Halen como guitarrista principal e líder do quarteto, que conta também com David Lee Roth nos vocais, Alex Van Halen na bateria e Michael Anthony no baixo. No decorrer dos anos, a formação da banda de Hard Rock teve diversas mudanças, mas a citada acima é considerada até hoje por muitos como a formação clássica do Van Halen.

Knight_Robert_004_Van_Halen

No ano de 1984, o Van Halen estava lançado o álbum chamado “1984”, que continha sucessos como o instrumental com o mesmo nome do título, “Panama”, e o maior sucesso que o grupo lançou até hoje: “Jump”. O single foi o único da banda que alcançou o primeiro lugar da parada da Billboard Hot 100, tirando do pódio o hit do , Karma Chameleon. A música é de longe a canção com mais fácil reconhecimento da banda, trazendo o som de sintetizadores logo nos primeiros segundos, e sendo tocado até o final. O riff é feito pelo guitarrista Eddie no sintetizador.

O videoclipe de “Jump” foi dirigido por Pete Angelus e a banda, trazendo imagens da banda tocando em um palco com fundo escuro, já se iniciando com o vocalista Roth fazendo sua conhecida performance que mostra sua flexibilidade e habilidade com o que podemos chamar de “talento de circo”. Apesar do baixo orçamento e simplicidade, a história por trás esconde sérias complicações.

VEJA TAMBÉM: 0104. Van Halen | Hot For Teacher

van-halen-jumpDe acordo com o produtor Robert Lombard, que supervisionou as filmagens com o diretor Pete Angelus, este vídeo expôs as tensões que logo viriam à tona entre Roth e os outros membros da banda. Lombard e Angelus queriam montar um clipe com “algo muito pessoal” (como Lombard mesmo disse, “Vamos ver se conseguimos fazer Edward sorrir”). Roth queria algo mais hedonista e estereotipado bem no estilo sexo, drogas e rock and roll, com ele dirigindo carros esportivos e saindo com mulheres lindas. Embora eles cedecem, suas dúvidas permaneceram, e de acordo com Lombard, a dupla conseguiu convencer os outros membros da banda a fazer o que eles queriam. Lombard, mesmo depois concordando com Roth que se fizesse da maneira do vocalista, o video poderia ter um impacto maior, foi demitido dias depois. O clipe ganharia o VMA de melhor video de apresentação sem os créditos devidos a Lombard, para o azar dele. No final das contas, as ideias de Dave para “Jump” acabaram indo para o single “Panama”, mas o estrago já tinha sido feito. Roth foi substituído por Sammy Hagar, tempos depois.

Enquanto possa parecer ridículo hoje, o vídeo inovou na época ao definir o padrão para vídeos de baixo orçamento que alguns diretores infelizmente ainda tentam imitar. Para produzir tal vídeo, a banda foi filmada tocando a música várias vezes do começo ao fim. Em seguida, os membros da banda foram filmados fazendo movimentos aleatório, sem a pretensão de realmente tocar a música (é possível ver Eddie tocando guitarra quando não há guitarra na música). Algumas cenas sinceras mostram a banda em total descontração. Eram raras as bandas que conseguiam alcançar tal espontaneidade na tela.

david-lee-roth_bNuma época em que qualquer um podia fazer um videoclipe, mas a maioria das bandas não tinham o dinheiro e talento para fazer um bom, estes vídeos eram perfeitos, e nenhum deles se destacou tanto quanto “Jump” (“Livin’ On A Prayer” do Bon Jovi pode ser considerado o primo mais próximo).

O álbum 1984 é o sexto lançamento do Van Halen, e está listado nos 200 álbuns definitivos no Rock and Roll Hall of Fame. É o penúltimo compilado que David Lee Roth participa antes de sair da banda pela primeira vez, devido a divergências com o idealizador da banda, Eddie Van Halen. Vendeu mais de 10 milhões de cópias apenas nos Estados Unidos, dando à banda Disco de Diamante, juntamente com o álbum de estreia. Tornou-se o álbum mais popular do Van Halen.

Diretores: Pete Angelus e Van Halen | Ano: 1983

 

João Paulo Porto
João Paulo Porto

Fundador do 1001 Videoclips e louco por The Smiths