Anúncio com Código

Para Ver Antes de Morrer: #172. The Chemical Brothers | Hey Boy, Hey Girl

Para Ver Antes De Morrer | 01 dez 12 - por João Paulo Porto
the chemical brothers hey boy hey girl

Diante de uma imensidão de videoclipes já produzidos, é difícil se destacar na multidão, mas “Hey Boy, Hey Girl”, da dupla de música eletrônica The Chemical Brothers (formado por Tom Rowlands e Ed Simons), provou ser um trabalho feito de um jeito muito próprio e distante das manadas.

Capturar cb1O videoclipe foi concebido para ilustrar uma metáfora da vida noturna. O protagonista é uma mulher que depois de quebrar o pulso começa a ver esqueletos ao invés de pessoas em carne e osso, como se ela possuísse poderes de visão de Raios-X.

A história começa com um grupo de estudantes em um ônibus. Uma jovem está lendo um livro ilustrativo com imagens do esqueleto humano. Em seguida um garoto loiro cospe na pagina e sorri sarcasticamente para ela e se afasta. As crianças vão para um museu de historia natural onde o mesmo menino tenta assustar a garota com uma capa de caveira. Ela o persegue pelo museu mas cai na escada e quebra a mão. No hospital ela recebe uns raios-X de sua mão. Em seguida, ela aparece escovando os dentes enquanto se imagina como um esqueleto no espelho. Quando ela volta ao normal, ela está mais velha.

VEJA TAMBÉM: 0068. The Chemical Brothers | Let Forever Be

Agora o cenário muda, a mulher está num banheiro de uma noite em Londres e deixa cair uma garrafa de água. Quando ela abre a porta de um banheiro ela encontra um casal fazendo sexo, mas só os vê como esqueletos. Ela sai do banheiro e vai para o bar da boate, onde um homem flerta com ela. Ela, então, retrata-o como um esqueleto e sente a sua mandíbula antes de sair.

Capturar cb4Ela, então, vai para a pista de dança, e vê mais pessoas como esqueletos, como se ela tivesse visão de raios X. Ela sai da boate e entra em um táxi, onde o motorista em forma de ossos encerra o vídeo com a pergunta “Where you going babe?“.

The Chemical Brothers fazem uma participação especial no vídeo no finalzinho, como o casal que deixa o táxi com equipamentos de DJ.

O que diferenciou este de tantos outros clipes são os efeitos especiais fascinantes e a abordagem diferente jamais vista antes em videoclipes de mostrar pessoas apenas como esqueletos. A utilização de cores frias e a estéticas já era uma característica predominante da temática eletrônica da fotografia em videoclipes.Capturar cb3

O clipe feitos pelos diretores Dom e Nic se tornou um sucesso elegante em sintonia com o movimento batidão da época. Fez muito sucesso e hoje é considerado um trabalho memorável e relevante. E possui infinitas qualidades.

Diretor : Dominic Hawley & Nic Goffey | Ano: 1999

João Paulo Porto
João Paulo Porto

Fundador do 1001 Videoclips e louco por The Smiths

  • Émerson Barbosa

    SENSACIONAL, DEVE TER TIDO UM ORÇAMENTO ALTO, PARA UMA
    MUSICA QUE NEM É MUITO COMERCIAL!

    • Ah mas esta é uma das mais reconheciveis e clássicas faixas do CB