Anúncio com Código

Para Ver Antes de Morrer: #246. Sia | Chandelier

Para Ver Antes De Morrer | 15 ago 14 - por João Paulo Porto
sia chandelier

Quando uma música é ótima vocalmente e musicalmente, ela precisa de um vídeo para completar a história. Muitos artistas têm tentado fazer isso. Quando Sia lançou o vídeo de “Chandelier” meses atrás, ela fez história.

sia-chandelier
Talento incrível: Para este videoclipe, Ziegler trabalhou com o renomado coreógrafo Ryan Heffington. “Todo o crédito para Maddie, ela é incrível”, disse Askill sobre sua jovem estrela. 

Situado em um apartamento decrépito, o espírito da música é trazido à vida através da dançarina talentosa – o desempenho de Maddie Ziegler, estrela do Reality Show Dance Moms, do canal americano Lifetime é fenomenal e contagiante – e rapidamente se tornou a favorita dos clipes com coreografia e ganhou adeptos como a apresentadora norte-americana Ellen DeGeneres que recriou o clipe em seu programa na televisão.

 

A simplicidade a qual o videoclipe foi gravado só prova que um vídeo de música não precisa de efeitos especiais mirabolantes ou locais exóticos para fazer bonito e ser inspirador. Basta dar uma olhada no recurso utilizado nos movimentos de câmera e no talento cru da jovem bailarina e a emoção que irradia do começo ao fim.

A letra é um hino à juventude, as descobertas e ao prazer de viver como se não houvesse amanhã. No refrão, a cantora grita ao quatro cantos do mundo que quer se balançar ao ritmo do lustre e voar como um pássaro em busca da descoberta de si mesma. Apesar da palavra “Drink” (bebida em tradução livre), ser cantada na letra, ela não compromete o conjunto.

article-2636395-1DD2C5D700000578-427_634x607 (1)
Na foto: Sia e Daniel nos bastidores da gravação do clipe de “Chandelier”.
A reputação da Sia como um hitmaker de Beyoncé (“Pretty Hurts”), Britney Spears (“Toxic”), Christina Aguillera (“You Lost Me”), Rihanna (“Diamonds”) e David Guetta (“Titannium”) também já estava consolidada e de certa forma ajudou a impulsionar o sucesso do single.

“Chandelier” foi filmado em um dia, no Herald Examiner, um edifício abandonado no centro de LA, que agora é usado principalmente como um local de cinema. Ziegler foi acompanhada por sua tia e teve apenas três dias de ensaios com o renomado coreógrafo Ryan Heffington. O diretor Daniel Skill afirma que ela foi incrível e extremamente profissional com a equipe. Skill também contou que caiu em lágrimas na primeira vez que viu Ziegler executar a coreografia que ela aprendeu em algumas horas.

Parte do sucesso está na naturalidade da interpretação de Ziegler. A total espontaneidade da garotinha é uma das razões para o duradouro apelo emocional do video. O sucesso é um importante sinal de que o clipe estaria em sintonia com as sensibilidades do público jovem mais direta e mais simpaticamente.

Sia co-dirigiu o clipe com Daniel Skill que apostou num estilo cinematográfico ousado e logístico – apesar de parecer simples – para imprimir a emoção da interpretação de Maddie Ziegler que se tornou uma estrela graças a sua atuação. Quando o casal se encontrou pela primeira vez, há 10 anos atrás, ambos lutavam para conseguir alcançar o sonho da fama. Agora os dois criaram um dos clipes mais comentados do ano e de arregalar os olhos! O sucesso da parceria é apenas mais um capítulo da saga quando em 2004, Sia o convidou para dirigir seu hit “Breath Me” (que conta a história da cantora através de milhares de Polaroids continuamente colocados na frente da câmera). Desde então, a química entre os dois pareceu explodir magicamente, apesar do diretor confessar que suas idéias e estética criativa eram muito distantes das da cantora e talvez por isso, acredita o diretor de 37 anos, que as coisas funcionaram tão bem.

sia-breath
A primeira vez que a dupla trabalhou junto no videoclipe de “Breath Me”, o primeiro sucesso de Sia com mais de 17 milhões de views no YouTube.

O clipe já ultrapassou os 100 milhões de visualizações (um milhão apenas no primeiro dia do lançamento) e já pode ser considerado uma obra de arte. A cantora australiana Sia, de 38 anos, confessou em uma entrevista que levou apenas 15 minutos para escrever a letra e mais quatro minutos para compor os acordes (!) e ainda mais. O processo todo de gravação da canção não passou de uma hora. “Chandelier”, que significa no inglês “lustre” estreou na sexta posição nas paradas do Reino Unido e segundo, nas paradas australianas. Nos EUA a canção teve um desempenho menor e chegou ao #20 nos Charts da Billboard Hot 100, mas já alcançou o Top 10 meses depois.

Daniel
Askill: O diretor australiano está trabalhando em seu primeiro longa a ser lançado nos EUA em breve.

Incrível como possa parecer nos dias de hoje, “Chandelier” é um videoclipe ousado e empolgante. Fazia tempo que uma artista havia gravado um trabalho audiovidual tão honesto e se concentrado em uma fórmula tão improvável. Lembro da primeira vez que assisti ao clipe, era como se eu sentisse o poder da libertação que ela transmitia e saísse por aí dançando como a garotinha.

Se algum clipe produzido por Sia abriu as portas do sucesso mundial e da consagração, foi este. E o fato dela já ter passado por problemas em sua conturbada vida (vício em drogas e bebidas, perda do namorado em um acidente e até uma tentativa de suicídio) faz dela uma heroína.

Diretores: Sia & Daniel Askill | Ano: 2014

fonte e fotos: Daily Mail

João Paulo Porto
João Paulo Porto

Fundador do 1001 Videoclips e louco por The Smiths