Anúncio com Código

Enquete: Qual é o seu clipe favorito?

Listas | 27 jan 17 - por João Paulo Porto

Pergunta difícil hein? mas decidimos perguntar aos leitores do site 1001 Videoclips, qual seria seus videoclipes mais pessoais, aqueles que mais amamos. O resultado foi uma lista que contém tanto clássicos, quanto alguns novos e outros poucos conhecidos, mas que merecem uma conferida.

De todas as repostas, selecionamos abaixo as melhores e as 3 primeiras levaram para casa brindes incríveis. Confira: 

1. Ricardo Ribeiro: Runaway Train – Soul Asylum

Muito dificil eleger um na imensidão de vários. Mas um que me marcou muito é “Runaway Train” do Soul Asylum, porque eu já sumi sem dar notícias, e este videoclipe faz eu refletir a angustia que causei nos meus pais.

2. Edwin CunhaMadonna – “Like a Prayer”

Em apenas 5 minutos o clipe lida com vários tabus: racismo, amor interracial, religião, um Jesus negro, injustiça policial, Klux Klux Klan, violência contra a mulher, o branco culpado sendo inocente, o negro inocente sendo culpado. Não tem como ser mais genial e visionário. Feito em 1989, mas os assuntos abordados continuam mais atuais do que nunca.

3. Tiel Leal MoraisFreeek – George Michael

Primeiro, adoro essa música, e tanto o single como o clipe marcaram e muito a minha adolescência. O videoclipe apresenta perfeitamente a mensagem da música e tudo se passa em uma metrópole futurística movida à sexo e virtualidade, (combinação que se adequa perfeitamente aos dias atuais) uma espécie de MATRIX Pornô, na verdade o mundo é movido pelo sexo a gente é que finge não saber disso, hehe…Como ele mesmo fala na música: “não se assustem, é um mundo de peitos e bundas, você tem que estar preparado”. Tudo nesse clipe é perfeito, desde a direção aos efeitos especiais, fotografia e figurinos, sem falar do ‘break dance’ dele com os cachorros(as) que se transformam em 4 dançarinas maravilhosas à la Grace Jones futurística. É sem dúvida um clipe que nunca ficará velho e eu nunca deixarei de amar. Saudades Disk MTV, saudades Clipe Mania da Band com a Sabrina Parlatore e Plugado da Rede Brasil com Luiza Sarmento

Heloísa Matias: Hungry Like The Wolf – Duran Duran

Quem não queria ser Indiana Jones em 1982? O clipe foi gravado no Sri Lanka e tem essa pinta meio Indiana Jones meio James Bond, representando toda uma geração que queria ser tão genial quanto esses caras. Melhor clipe. Super bem feito, Simon Le Bon super bem como Jones / Bond. Auge da banda britânica. Auge da invasão britânica.

Camila Alves Columbia – Amanhã

Gosto de clipes que visivelmente deram trabalho pra fazer. Esse é todo lindo, em preto e branco, feito em stop-motion, com cenas que combinam perfeitamente com a música.

Camila de OliveiraPedras Pesadas – Mato Seco

Além de trabalharem uma letra foda de boa, a estética fotográfica, cenário e a forma como tratam o roteiro fica tudo harmonico. Além de tratarem de um roteiro que explora os desafios da vida humana.

Wallysson AdkinsBruno Mars – The lazy Song

Porque? barato, original, simples e caseiro. Um verdadeiro hit que mostrou que não é preciso ter uma grande produção em um videoclipe pra se tornar viral, e cair no gosto do público. Não é a toa que o videoclipe bateu a incrível marca de 1′ bilhão de views.

Letícia Ribeiro Thriller -Michael Jackson

Acho que nem precisa muitas explicações do porquê ser meu preferido. Basta juntar John Landis (Um Lobisomem Americano) , era de ouro da MTV e um dos maiores Hypes dos anos 80 (Zumbis) e temos um dos clipes mais aclamados da música. Um short movie de terror muito bem produzido e extremamente detalhista, coreografia atemporal e produção impecável. Um verdadeiro marco! Mudou totalmente o modo como os videoclipes eram apresentados, tornando-se para muitos referência.

Fabiana Cristina FiorottoMichael Jackson – “Thriller”

Maquiagem de primeira…direção e produção de primeira (Quincy Jones) excelente bailarinos e é claro a maravilhosa performance de Michael. Demais.

Edwin CunhaMadonna – “Like a Prayer”

Em apenas 5 minutos o clipe lida com vários tabus: racismo, amor interracial, religião, um Jesus negro, injustiça policial, Klux Klux Klan, violência contra a mulher, o branco culpado sendo inocente, o negro inocente sendo culpado. Não tem como ser mais genial e visionário. Feito em 1989, mas os assuntos abordados continuam mais atuais do que nunca.

Luca AlvesLady Gaga ft. Beyoncé – “Telephone”

Gaga abraçou a cultura popular como nenhum outro artista jamais fez antes e um exemplo disso é o clipe de Telephone. Nele, Gaga busca referências gritantes da cultura pop, como as dos filmes do diretor Quentin Tarantino. Sem contar que foi uma produção icônica, junção de duas grandes divas da atualidade.

Niéri SvenssonMadonna – “Bedtime Story”

Um video magnífico, futurista e surrealista, totalmente inspirado em obras de Remedios Varo, Leonora Carrington e Frida Kahlo, Também inspirado no filme russo Sayat Nova de 1968.

Wandson NascimentoMadonna – “Bedtime Story”

Por ser o único videoclipe no Museu de Arte Moderna. Isso é suficiente pra representar essa oitava arte que é o videoclipe.

Edvan MeloThe Cranberries – “Ode To My Family”

Samuel conseguiu exprimir em vídeo p&b todo a poesia e sofrimento da música dos Cranberries. Uma ode ao bom gosto e a boa música que casa perfeitamente com a voz de Dolores O’Riordan. É isso. Amo demais este clipe.

Tabs Oliveira: The Killers – “Miss Atomic”

Além de já ser uma música que mexe comigo antes mesmo de eles terem lançado o clipe, o clipe em si é muito emocionante. A mistura de animação com live action está simplesmente perfeita e bem colocada. O clipe também é uma continuação de “Mr Brightside”, que foi o clipe que mais fez sucesso quando a banda apareceu e por isso traz muitas lembranças dessa época e nostalgia. Mas ao mesmo tempo contando uma história nova e bonita. É perfeito.

Phillip SidneyDaft Punk – “Around The World”

É a perfeita sintonia entre a música é o video.

Camila AlvesAlice in Chains – “I Stay Away”

A animação é linda, os bonecos são super parecidos com a banda. A combinação das cores com o roteiro com a música… tudo combina. Acho incrível!

Wanderson FeitosaLaura Branigan – “Self-Control”

Porque o videoclipe encaixa perfeitamente com a música, dar um ar de mistério, soube que foi até proibido. Esse videoclipe é muito melhor do que muitos filmes de suspense de hoje em dia. Claro, pois ele foi dirigido pelo diretor, ganhador de Oscar, William Friedkin, o diretor de O Exorcista. 

João Paulo Porto
João Paulo Porto

Fundador do 1001 Videoclips e louco por The Smiths

  • Anderson Mauro de Lima

    Clipe dos finais dos anos 1990, começo dos anos 2000. Cantor mais velho, de terno preto e cantora loira vestido de branco. Rockão massa, só não consigo localizar. Acho que é regravação de alguma música mais antiga. Lembro que de pano de fundo do clipe é um mosaico preto e branco.