Para Ver Antes de Morrer: 83. Gnarls Barkley | Crazy

Anos 2000, Para Ver Antes de Morrer | 11 mar 19 - por João Paulo Porto

A estréia da dupla americana de soul Gnarls Barkley (formado por Danger Mouse e CeeLo Green), é um dos mais belos e estranhos singles de todos os tempos. De seu álbum de estreia St. Elsewhere, a música foi um sucesso estrondoso, um clássico instantâneo. 

O videoclipe, dirigido por Robert Hales, que já havia dirigido vídeos musicais para Jet, Nine Inch Nails e Richard Ashcroft, entre outros – foi indicado para três MTV Video Music Awards de 2006: Melhor Vídeo de Grupo, Melhor Direção e Melhor Edição, e ganhou os dois últimos. Foi também nomeado para o MTV Europe Music Award de 2006 de Melhor Vídeo.

“Crazy” tem um conceito visual muito simples: um borrão de tinta estilo Rorschach se transforma com a música, com Cee Lo, Danger Mouse e alguns insetos aqui e ali. 

O conceito é um visual realmente eficaz e interessante para um videoclipe. Desde a primeira pintura que cai até as batidas iniciais da música, fica claro que Hales quer que o visual se mova de maneira muito precisa com a música. A tinta se transforma de acordo com a batida da música e nada fica parado, movendo-se constantemente em direção ao espectador.

Há também algumas piadas visuais divertidas aqui. Em um ponto, por exemplo, as manchas de tinta formam as orelhas do Mickey Mouse na cabeça do Danger Mouse. Em outro momento, quando Cee Lo está se perguntando quem ele pensa que é, os dois Cee Los conversam, quebrando o padrão de imagens.

“Crazy” é uma música curta de aproximadamente três minutos, e no final eu acho que Hales e Louie já usaram todas as variações do tema. Mas tudo bem – acaba quando precisamos, o que é uma tarefa difícil para um vídeo musical visual e animado.

Depois de mais de 10 anos de seu lançamento, “Crazy” ainda é um videoclipe muito bonito.

Direção: Robert Hales | Ano: 2006

João Paulo Porto

Criador do site 1001 Videoclips e apaixonado por The Smiths.