Para Ver Antes de Morrer: 81. Janet Jackson | Rhythm Nation

Anos 80, Para Ver Antes de Morrer | 08 mar 19 - por João Paulo Porto

Janet Jackson é um ícone do videoclipe. Juntamente com seu irmão, Michael e Madonna, ela dominou o formato nos anos 80 e 90, tornando-se uma das maiores estrelas do pop. Mas não é apenas a dança que torna o catálogo de vídeos de Janet tão importante, ou as produções de ponta e os conceitos inovadores. São as declarações que ela sempre fez com sua arte visual.

Um exemplo é seu estupendo trabalho conceitual Janet Jackson´s Rhythm Nation 1814, de 1989, que a transformou de uma pop star para uma mulher com uma mensagem. O conteúdo político-social, distribuído neste disco, sem dúvida alguma, inspirou o álbum visual de Beyoncé, Lemonade, e continua sendo um dos mais importantes álbuns pop lançados nos últimos 50 anos.

Um dos vídeos mais influentes de todos os tempos – “Rhythm Nation” – redefiniu o quão culturalmente influente e relevante uma música pop política poderia ser. Logo no final da era Reagan, o país viu-se lutando com uma epidemia de AIDS e crack que afetou desproporcionalmente a comunidade negra. Janet queria tomar uma posição e criar um álbum socialmente consciente que falava com a época.

Um videoclipe de trinta minutos de duração, foi produzido para promover o disco pouco antes de seu lançamento. Continha três vídeos distintos e curtos – para os singles “Miss You Much”, “The Knowledge” e “Rhythm Nation” – todos gravados em preto-e-branco – certamente um aceno para a visão de Jackson de uma sociedade daltônica. O enredo funciona como uma espécie de alerta, seguindo duas crianças com grandes sonhos cujas vidas são devastadas pelas drogas.

O vídeo de “Rhythm Nation”, dirigido por Dominic Sena, marcou época com seu cenário pós-apocalíptico e trajes militaristas, estilo Pantera Negra. O vocal de Janet e o desempenho de dança criaram uma utopia de uma nação triunfante através da dança. O clipe foi um sucesso absoluto de publico, mas não foi imediatamente reconhecido ou apreciado pelos críticos. Nos anos oitenta e início dos anos noventa, os jornalistas de música muitas vezes consideravam o espetáculo excessivo uma distração ou evidência de algo pré-fabricado e, portanto, inautêntico.

No entanto, o tempo provou que há uma arte distinta e sofisticada na extravagância tanto de “Rhythm Nation” quanto em “Miss You Much”. Hoje, quase todas as grandes estrelas pop – Katy Perry, Taylor Swift, Nicki Minaj, Drake, Lorde – percorrem o caminho que Jackson fez, com videoclipes cada vez mais super-elaborados. 

Diretor: Dominic Sena | Ano: 1989

João Paulo Porto

Criador do site 1001 Videoclips e apaixonado por The Smiths.