Para Ver Antes de Morrer: 78. Jamie xx | Gosh

Anos 2010, Para Ver Antes de Morrer | 02 mar 19 - por João Paulo Porto

Romain Gavras, o diretor por trás de “Born Free” e “Bad Girls” da M.I.A., especializou-se no tipo de videoclipe que faz você pensar: como diabos ele fez isso? Com “Gosh” não é diferente: ele usa o hino crescente de Jamie xx para trilha sonora de um épico impressionante que se assemelha a uma cerimônia de abertura das Olimpíadas de algum universo alternativo.

400 garotinhos chineses e de cabelos oxigenados (ideia do diretor) da escola de artes marciais de Xiaolong marcham e dançam em sincronia através das ruas de Tianducheng, na China – uma cidade que foi construída para ser a réplica de Paris (e que conta até com uma impressionante Torre Eiffel). O protagonista é o enigmático Hassan Kone, um negro albino de 17 anos que Gavras utiliza como o ponto de equilíbrio entre a multidão de crianças e os planos longos e exuberantes da cidade fantasma.

 

O clipe inteiro foi feito sem CGI ou quaisquer efeitos especiais, apenas um monte de pessoas e um monte de ideias malucas. E assim como outros vídeos de Gavras, o diretor preenche cada quadro com visuais impressionantes e uma coreografia complexa, elementos que elevam o clipe ao patamar de obra de arte. “Romain Gavras dirigiu alguns dos meus vídeos favoritos”, disse xx em um comunicado à Apple Music. “Estou tão feliz que minha música o inspirou a fazer algo tão incríve como GOSH …”

É o tipo de vídeo que só Gavras poderia fazer: ao contrário de muitos cineastas independentes, ele gosta de pensar grande e jamais faria um vídeo medíocre, vide seu histórico – que é um desfile de preciosidades.

Ainda bem, pois é por causa de diretores megalomaníacos como Gavras que podemos apreciar trabalhos tão ricos e belos como “Gosh”.

Diretor: Romain Gavras | Ano: 2016

João Paulo Porto

Criador do site 1001 Videoclips e apaixonado por The Smiths.