Para Ver Antes de Morrer: 70. Childish Gambino | This Is America

Anos 2010, Para Ver Antes de Morrer | 10 fev 19 - por João Paulo Porto

A letra é interessante, a música é boa, mas o que faz de “This Is America” incrível é, sem dúvidas, o seu videoclipe, que aborda de forma escancarada, o racismo cruel e a violência contra os negros norte-americanos. Tudo embalado num trabalho intenso, cheio de simbolismo e deboche, num dos poucos videoclipes realmente importantes para a história do audiovisual.

Quando foi lançado, no dia 5 de Maio de 2018, o clipe de “This Is America” quebrou a internet. A reação do publico foi imediata, gerando um debate sem precedentes nos EUA com muitos americanos brancos, tentando entender as referências – que são suficientes para encher um livro – e principalmente, a mensagem que Childish Gambino quis transmitir atráves de imagens que incomodam. Até a prestigiosa revista Time dedicou umas matéria de capa para desvendar todos os seus mistérios.

Para idealizar e colocar em prática o projeto, Gambino, que é a alcunha musical do ator/roteirista/rapper/compositor Donald Glover, chamou o experiente diretor de videos musicais Hiro Murai – um japonês radicado em Los Angeles. Ambos já haviam trabalhado juntos nos clipes de “Sober”, “Ear Sweatpants” e a fabulosa série Atlanta, que – aliás – é uma criação de Glover. Entre as influencias, Murai cita o grandioso Cidade de Deus de Fernando Meirelles, Mãe! de Darren Aronofsky e o excelente Corra! de Jordan Peele. 

Em resumo, “This Is America” parece ser o sucessor espiritual de “NeverCatchMe de Flying Lotus. Pois enquanto um mostra uma versão fantasiosa e poética do racismo, o outro é uma impressionante peça audiovisual que confronta a violência cotidiana da América moderna, fazendo isso com brutalidade e beleza. E ainda, esfregando na cara do interlocutor, que, infelizmente, insiste em negar a verdade. 

Diretor: Hiro Murai | Ano: 2018

João Paulo Porto

Criador do site 1001 Videoclips e apaixonado por The Smiths.