Para Ver Antes de Morrer: 55. Madonna | Open Your Heart

Anos 80, Para Ver Antes de Morrer | 26 nov 18 - por João Paulo Porto

O vídeo promocional de “Open Your Heart”, o terceiro single do álbum True Blue de Madonna lançado em 12 de novembro de 86 bate de frente para o espectador com uma série de contradições.

Um rapaz jovem, rosto inocente e infantil tenta entrar em um sórdido ambiente pornográfico. A música está encharcada de desespero, embora haja um toque de otimismo a seus acordes poderosos e apaixonados. Uma Madonna com um olhar perdido dança para alguns clientes, que emanam desprezo a cada um dos seus movimentos entediantes.



A mensagem do vídeo centra-se em castigar aqueles que consideram apenas os seus corpos, mesmo que eles pareçam atraentes, apesar de sua obscenidade. No entanto, toda a questão é uma contradição que reflete plenamente a determinação perene de Madonna de usar sua sexualidade para avançar em sua carreira, embora ao mesmo tempo ela insista que é mais do que uma mulher-objeto.

Mas como sempre, a história não termina aqui. O show termina, Madonna encontra um garoto que não estava gostando de sua dança obscena. Ele a convida para uma dança que ele mesmo inventou. Ela o cumprimenta com um beijo e uma dança alegre e desinibida, um forte contraste com a anterior – e ambos parecem estar felizes sob um pôr do sol. Um retorno à inocência de Madonna, ou a corrupção da pureza do menino? Ambas as coisas, claro.

Originalmente, o vídeo seria dirigido pelo então marido de Madonna, Sean Penn, mas Jean-Baptiste Mondino foi quem assinou a direção, que passou a trabalhar com Madonna nos vídeos de “Justify My Love” (1990), “Human Nature” (1995), “Love Don’t Live Here Anymore” (1996), “Don’t Tell Me” (2000) e “Hollywood” (2003). Aqui, Jean-Baptiste Mondino fez um clipe que resume bem a carreira de Madonna: uma dicotomia de uma artista que soube, como poucas, jogar com o seu público sem ser levada a sério demais. 

Direção: Jean-Baptiste Mondino | Ano: 1986

João Paulo Porto

Criador do site 1001 Videoclips e apaixonado por The Smiths.