Anúncio com Código

Os melhores clipes interativos de todos os tempos (Parte 1)

Listas | 11 set 14 - por João Paulo Porto
AF_Shadows_PalmTree

Era uma vez, um lugar mágico chamado MTV, onde todos os clipes musicais eram exibidos e felizes. Na verdade, esses dias já fazem parte de um passado muito distante. Mas eis que surge a Internet e hoje podemos dizer que não foi uma substituição tão ruim, hein? Onde mais poderíamos ver um filme misterioso dos nossos lares de infância em um clipe do Arcade Fire? Ou enviar um tweet para ser apresentado em um vídeo da princesa do pop sueco Robyn?

Atualmente, alguns dos vídeos musicais mais bacanas são interativos – os que te levam a um passeio agradável através de uma experiência audiovisual personalizada. Criamos uma seleção de vídeos musicais interativos mais legais de todos os tempos (até agora) para você se divertir bastante e entender a revolução que a internet trouxe para o audiovisual.


Arcade Fire — “We Used to Wait”

arcade-fire-promo-2

O interativo do , “We Used To Wait (The Wilderness Downtown) usa Google Maps para canalizar nossas infâncias. É impressionante e bizarro ao mesmo tempo. E também o primeiro clipe interativo que realmente bombou.

Participe desta experiência AQUI

Tanlines — “Brothers”

2pause-tanlines-725x408

O Tanlines lançou seu clipe interativo com uma pequena ajuda do GoPano, um aplicativo para iPhone que permite 360 ° de imagens em vídeo. Clique e arraste para bisbilhotar algo.

Participe desta experiência aqui: GoPano,

 

Broken Bells — “October”

videos interativos

Guie o cursor através do vídeo viajante do Broken Bells para ter uma experiência visual interativa.

Participe desta experiência AQUI

 

OK Go — “All Is Not Lost”

all-is-not-lost

“Nem tudo está perdido”, o primeiro clipe do  interativo  é mais um experimento bem sucedido do Google Chrome que usa a nossa “mensagem” para determinar a coreografia da banda.

Participe desta experiência AQUI

 

Cold War Kids — “I’ve Seen Enough”

Neste clipe, o Cold War Kids nos permite escolher quais os instrumentos estão envolvidos, afinar a experiência da música ao nosso gosto acústico ou elétrico. Muito bacana, né?

Participe desta experiência AQUI

 

Red Hot Chilli Peppers — “Look Around”

Neste clipe, o espectador pode clicar e arrastar o cursor de sala em sala para ver as palhaçadas de qualquer um dos integrantes do .

Participe desta experiência AQUI

 

Robyn — “Don’t Fucking Tell Me What to Do”

robyn-2

Este clipe on-line é um pouco diferente dos outros – para participar do vídeo, o espectador deve postar um tweet com a hashtag #killingme. Em seguida, a mensagem irá aparecer junta com muitas outras na segunda metade da música.

Participe desta experiência AQUI

 

 Placebo — “The Never-Ending Why”

O clipe interativo do , “The Never-Ending Why” permite o controle de visualizador de um pavão voando. Curioso?

Participe desta experiência AQUI

 

Rome — “Black”

rome

A colaboração de 2011 entre o produtor Danger Mouse e o compositor italiano Daniele Luppi rendeu um vídeo alucinante para “Black” com a ajuda de , o cérebro por trás do já citado “We Used to Wait”. Certifique-se de utilizar o Google Chrome para este também.

Participe desta experiência AQUI

João Paulo Porto
João Paulo Porto

Fundador do 1001 Videoclips e louco por The Smiths