Anúncio com Código

Os 50 videoclipes mais inesquecíveis dos anos 90 (parte 1)

Listas | 17 abr 17 - por João Paulo Porto

Se você cresceu em meados dos 90, então deve se lembrar de uma série de videoclipes que empestavam os programas de TV da época, e deixaram muitas saudades. Pensando nisso, nós aqui do 1001 Videoclips decidimos fazer uma viagem no tempo, listamos os 50 clipes mais memoráveis e inesquecíveis da década de 90. Confira abaixo a primeira parte do especial anos 90, porque relembrar é viver!

Quer recomendar outros clipes incríveis dos anos 90? Já sabe, né? Conte para nós nos comentários.

Veja também nossa lista incrível dos 50 clipes inesquecíveis dos anos 80 clicando AQUI e AQUI.

Shakira – Estou Aqui (1996)

Quando ainda era morena, a colombiana Shakira costumava fazer um sucesso estrondoso em toda a América do Sul. O clipe de “Estoy Aqui” é um clássico definitivo da moça nas terras tupiniquins.

Aerosmith – “Crying” e “Crazy” (1994)

De banda de hard rock dos anos 70, o Aerosmith se transformou em uma mega banda pop nos anos 90, graças aos clipes memoráveis de “Crying” e “Crazy”, ambos de 1994 e protagonizados pela bela Alicia Silverstone e Liv Tyler (Crazy).

 

Guns N´Roses – “November Rain”, “Don´t Cry” e “Estranged” (1991-1993)

3 clipes estupendos da mais perigosa banda de rock de sua época. Saudades de quando parávamos tudo para ver os incríveis clipes dos GNR.

Metallica – “Enter Sandman” (1991)

O  Metallica se transformou em uma mega-banda com o black album. O clipe de sua música mais famosa é um clássico da década e foi responsável por apresentar a banda a uma nova geração de futuros fãs.

Smashing Pumpkins – “1979” e “Tonight, Tonight” (1995)

Dois dos maiores clássicos do SP acompanharam clipes clássicos que reverberaram por toda a década de 90.

U2 – “Mysterious Ways” (1991)

Depois do estrondoso sucesso de The Joshua Tree, o U2 retornou com um album repleto de clássicos. One foi a que mais sobreviveu ao tempo, mas muitos lembram do irresistível clipe de “Mysterious  Ways” e toda a excentricidade do mundo marroquino.

Duran Duran – “Ordinary World” e “Come Undone” (1993)

Clipes que testemunharam o amadurecimento do DD tocaram exaustivamente nas MTV´s da época. As balada elegantes, cheias de emoção e bom gosto contido, foram responsáveis pelo ressurgimento do  depois do fracasso retumbante de Liberty

Peter Gabriel – “Steam” (1993)

Sua tentativa de superar “Sledgehammer” é um tesouro perdido dos anos 90. Peter Gabriel lavava a sério a arte de traduzir em imagens suas incríveis canções. “Steam” tem de tudo e mais um pouco.

Sinead O´Connor – “Nothing Compares 2 U” (1990)

Ah, esse clássico imortalizado pelo close fechado do rosto angelical de Sinead é um dos maiores clipes de todos os tempos.

Madonna – “Frozen” (1999)

Como poderia escolher apenas um? Praticamente todos os clipes da Madonna são memoráveis, mas este é especial. E nao precisa de mais explicações.

Bon Jovi – “Always” (1994)

As musicas de Slippery When Wet ainda são suas melhores, mas “Always” é aquela balada arrasa-quarteirões que definiu uma época. E o clipe, que clipe!

4 Non Blondies – “What´s Up” (1993)

Essa música foi um dos one hit wonders da década de 1990, tocou em todos os lugares o tempo todo em 1992/1993. O clipe que mostra Linda Perry e cia. tocando em um lugar qualquer já está no subconsciente coletivo de qualquer quarentão.

Joan Osborne – “One of Us” (1996)

O clipe oficial da canção começa com Joan Osborne cantando e várias vezes a cena corta para um parque de diversões, ruas movimentadas e gravações caseiras. O resto é um desfile de cenas clássicas de uma das mais belas canções pop da década.

No Doubt – “Don´T Speak” (1995)

“You and me – Used To Be together”, basta cantarolar essas primeiras linhas que qualquer um vai saber de cara de qual música estamos falando. O clipe da música retratava a irritação da banda, com a atenção diferenciada da mídia à Gwen Stefani, que não resistiu aos holofotes e cuidou logo de seguir carreira solo.

The Cardigans – “Lovefool” (1996)

Indiscutivelmente uma das maiores canções dos anos 90. Os suecos do Cardigans puxado pela participação no filme adolescente Romeo + Juliet de Baz Luhrmann, a faixa se transformou em um mega-hit planetário. Ganhou dois clipes, um para o mercado norte-americano. Mas o clipe que se consagrou foi mesmo a versão europeia.

Mariah Carey – “Heartbreaker” (1999)

Mariah e suas amigas suspeitam que o namorado da cantora está a traindo e decidem pegá-lo no flagra em um cinema lotado de gente divertida. ao chegarem lá, elas acabam tendo a confirmação e partem para um duelo não muito violento – exceto pela luta alucinante no banheiro entre a Mariah e sua irma gêmea a qual está saindo com o seu namorado (o carismático ator Jerry O´Connel) – para se vingarem da traição. Dirigido por Brett Ratner, é um clipe muito famoso e o preferido dos fãs da cantora.

Michael Jackson Feat. Janet Jackson | Scream (1995)

O super-ultra-mega-hiper videoclipe de “Scream”, a primeira colaboração entre os irmãos mais novos da família Jackson é u dos mais vistos da década. Em “Scream”, Michael Jackson e sua irmã Janet furiosos retaliam contra os meios de comunicação de massa que não medem esforços para denegrir a imagem de ambos para o público. O aclamado vídeo foi filmado principalmente em preto e branco e desafiou as leis da gravidade. 

 

 

João Paulo Porto
João Paulo Porto

Fundador do 1001 Videoclips e louco por The Smiths