Anúncio com Código

Os 50 clipes mais inesquecíveis dos anos 80 (parte 1)

Listas | 18 out 16 - por João Paulo Porto
anos80

Se você cresceu em meados dos 80, então deve se lembrar de uma série de videoclipes que empestavam os programas de TV da época, e deixaram muitas saudades. Pensando nisso, nós aqui do 1001 Videoclips decidimos fazer uma viagem no tempo, listamos os 50 clipes mais memoráveis e inesquecíveis da década de 80. Morra de saudades!

A-ha – Take On Me, de 1985

O A-Ha marcou época ao inovar na mistura de animação gráfica com cenas reais.

Bangles – Walk Like An Egyptian, de 1986

As meninas do quarteto Bangles fizeram todos dançar como egípcios, igualzinho ao clipe de “Walk Like An Egyptian”.

Bill Medley e Jennifer Warnes – “Time of my life”, de 1987

O clipe desta balada marcante ficou eternizado no coração dos milhões de fãs que assistiram ao filme “Dirty Dancing – Ritmo quente” com Patrick Swayze.

Billy Idol – “Dancing With Myself”, de 1981

O pastiche de punk londrino contagiou o mundo com o som dançante de “Dancing With Myself”.

Bon Jovi – “Livin´On A Prayer”, de 1986

Até hoje, Bon Jovi é conhecido por esta canção levanta estádios. O clipe, no estilo “ao vivo” consagrou o estilo hard rock com cabelos compridos, calças de couro e letras melosas do Bon Jovi e seus imitadores.

Cindy Lauper – “Girls Just Wanna Have Fun”, de 1983

A queridinha dos nostálgicos chegou ao estrelato com o hit Girls Just Wanna… que acompanhava um clipe marcante, que encantou toda a geração dos yuppies.

Culture Club – “Karma Chameleon”, de 1983

O visual andrógino de Boy George no clipe de “Karma Chameleon” chamou bastante atenção pela novidade e ousadia.

Dire Straits – “Money For Nothing”, de 1985

O Dire Straits inovou ao lançar o primeiro clipe gravado em computação gráfica, para a música “Money For Nothing“, retirada de um dos maiores álbuns de todos os tempos: Brothers In Arms.

Duran Duran – “Rio”, de 1982

A maior banda pop de 1982 só queria se divertir neste clipe ensolarado para a faixa homônima de seu clássico álbum que redefiniu o cenário pop da década.

Earth, Wind and Fire – Let´s Groove, de 1981

Heróis da resistência, conseguiram levar a disco music aos anos 80 com o clipe com efeitos visuais avançado para “Let´s Groove”, hino oitentista das pistas de dança.

Fine Young Canibais – She Drives Me Crazy, de 1987

Quem não se lembra duns caras saltando na tela no clipe surreal desta canção contagiosa que virou febre nas TVs e rádios da época.

Kenny Loggins – Footlosse, de 1984

Muitos dançam até hoje ao ouvir o clássico “Footloose”, de 1984, que ficou mundialmente conhecido no musical “Footloose – Ritmo Louco”, estrelado por Kevin Bacon, clássico da Sessão da Tarde.

Frankie Goes To Hollywood – “Relax”, de 1983

Até hoje, eles são lembrados por fomentar o universo gay no clipe de “Relax”, único sucesso do FGTH a despontar nas paradas do mundo inteiro.

Imagination – “Just An Illusion”, de 1982

O Imagination colocou cores e efeitos no sobrenatural no clipe da música “Just an ilusion”, de 1982.

INXS – New Sensation, de 1987

Gigantes do pop australiano, o INXS lançou um clipe cheio de efeitos especiais para seu maior sucesso, “New Sensation”, que não saia das cabeças dos jovens. 

 

 

João Paulo Porto
João Paulo Porto

Fundador do 1001 Videoclips e louco por The Smiths