Anúncio com Código

Top 10: Os 10 videoclips mais caros de todos os tempos!

Listas | 17 jun 13 - por João Paulo Porto
video clips

Fazer videoclip ás vezes não é tão fácil como se imagina. alguns clipes são necessários efeitos especiais caríssimos e ideias jamais pensadas antes e para isso é preciso muita grana para a ideia sair do papel e se tornar realidade .O site 1001 videoclipes decidiu postar os 10 clipes mais caros de todos os tempos baseando-se numa lista do site Wikipedia. Vamos conferir!

VEJA TAMBÉM: Playlist: Cantores Que Já Apareceram Nus em Videoclipes 

10.  Celine Dion | It´s All Coming Back To Me (1996)

Dirigido por Nigel Dick, o épico e melancólico videoclipe de um amor destruído por uma tragédia ocupa a décima posição entre os mais caros. A mágica combinação entre a poderosa voz de Celine, a emotiva canção do compositor Jim Steinman e a habilidade estilística do diretor  fizeram com que este clipe fosse considerado uma continuação de “Total Eclipse of the Heart”, dirigido pelo ótimo Russell Mulcahy: um clássico indiscutível dos anos 80.

custo: $2.300.000

09. Busta Rhymes Feat. Janet Jackson | What’s It Gonna Be?! (1999)

O futurístico videoclipe apresenta Janet Jackson em um túnel feito de água e Busta em forma de esperma em um contexto repleto de insinuações sexuais. a direcao ficou a cargo de Hype Williams & Busta Rhymes e o resultado pode ser visto como um dos mais inovadores de todos os tempos, devido aos grandes efeitos especiais.

custo: $ 2.400.000

08. Mariah Carey Feat. Jay Z | Heartbreaker (1999)

O divertidíssimo clipe é um exemplo de espontaneidade audiovisual. Mariah e suas amigas suspeitam que o namorado da cantora está a traindo e decidem pegá-lo no flagra em um cinema lotado de gente divertida. ao chegarem lá, elas acabam tendo a confirmação e partem para um duelo não muito violento – exceto pela luta alucinante no banheiro entre a Mariah e sua irma gêmea a qual está saindo com o seu namorado (o carismático ator Jerry O´Connel) – para se vingarem da traição. Dirigido por Brett Ratner, é um clipe muito famoso e o preferido dos fãs da cantora.

custo: $2.500.000

07. MC Hammer | 2 Legit 2 Quit (1991)

Uma produção megalomaníaca e aparições de diversas celebridades com destaque para James Brown e um falso Michael Jackson caracterizam o exagero audiovisual de MC Hammer em seu hit de 1991. A coreografia desafiadora assim como os movimentos de mão de Hammer se tornaram sua marca registrada e até mesmo recebeu a aprovação do rei do pop – mesmo que não seja o verdadeiro. a direção ficou por conta de Rupert Wainwright.

custo: $2.500.000

06. Puffy Daddy Feat. Busta Rhymes and Notorius BIG | Victory (1998)

O vídeo  foi dirigido por Marcus Nispel em 31 de março de 1998 e é uma homenagem ao conto The Running Man, de Stephen King (adaptado para o cinema como O Sobrevivente, com Arnold Schwarzenegger). O vídeo de quase oito minutos de duração destaca o ator Dennis Hopper como um ditador de uma nova ordem mundial (O Presidente Victor Castiglione) e Danny DeVito como repórter de ação ao vivo, Tamara Beckwith também estava no vídeo. a direção ágil e  visionária e o surpreendente mundo apocalíptico impressionam pela beleza e desenvoltura na tela. Digno de filme de Hollywood, o clipe é uma verdadeira produção cinematográfica e um dos mais legais de todos os tempos.

custo: $2.700.000

05. Guns N´Roses | Estranged

O memorável clipe de Estranged é, sem duvida alguma, o melhor trabalho audiovisual dos Californianos do GNR. A produção trabalhada e apurada de Andy Morahan utilizou de técnicas de gravação e edição primorosas e surpreendentes. O vídeo começa mostrando Axl perseguido por um grupo de membros da SWAT, no que parecia ser uma mansão abandonada (na verdade é a sua casa real). Mais tarde, em um flashback, Axl é mostrado sendo escoltado para fora da mesma propriedade.  Na seqüência final, Axl é visto andando no convés de um petroleiro, onde no clímax do vídeo, ele pula na água em uma aparente tentativa de suicídio, mas acaba sendo resgatado por um grupo de golfinhos. O vídeo é também conhecido pela cena memorável em que o Slash anda sobre a água enquanto toca um solo de guitarra. Épico!

custo: $4.000.000

04. Michael Jackson | Black or White (1991)

O vídeo de “Black or White” foi ao ar nos  canais MTV, BET, VH1, e Fox em 14 de novembro de 1991. Além de Jackson, Macaulay Culkin, Tess Harper e George Wendt participavam do clipe que  foi dirigido por John Landis, que anteriormente havia detonado com “Thriller”. Foi coreografado por Vincent Paterson. Ele estreou simultaneamente em 27 países, com uma audiência de 500 milhões de espectadores, nunca antes um videoclipe havia sido assistido por tanta gente em sua estreia!

custo: $4.000.000

03. Madonna | Express Yourself (1989)

Canção e clipe se tornaram ícones de uma geração. A direção de um jovem David Fincher (Clube da Luta, A Rede Social), diretamente influenciada pelo clássico de ficção cientifica Metropolis de Fritz Lang, brilhantemente elevou a carreira de Madonna a patamares jamais alcançados antes e a artista se tornou ícone pop feminista imprescindível, como jamais houve antes.

custo: $5.000.000

02. Madonna | Die Another Day (2002)

Repleto de referências a outros filmes clássicos de James Bond, o tema principal do filme 007: Um Outro Dia Para Morrer ganhou um videoclipe polêmico e violento, com direito a todo tipo de degradação humana possível. A cantora está impecável como uma lutadora poderosa e no mínimo, corajosa. Os custos foram altos mas a critica não elogiou. Mesmo assim, é um clipe memorável!

$6.000.000

01. Michael Jackson Feat. Janet Jackson | Scream (1995)

O vencedor da lista ficou com o super-ultra-mega-hiper videoclipe de “Scream”, a primeira colaboração entre os irmãos mais novos da família Jackson. Em “Scream”, Michael Jackson e sua irmã Janet furiosos retaliam contra os meios de comunicação de massa que não medem esforços para denegrir a imagem de ambos para o público. O aclamado vídeo foi filmado principalmente em preto e branco e desafiou as leis da gravidade. dirigido pelo experiente Mark Romanek, a um custo de US $ 7 milhões, garantiu o número 1 na lista dos clipes mais caros de todos os tempos.

custo: $7.000.000

João Paulo Porto
João Paulo Porto

Fundador do 1001 Videoclips e louco por The Smiths