Anúncio com Código

Para Ver Antes de Morrer: #252. Jay-Z | 99 Problems

Para Ver Antes De Morrer | 18 set 14 - por João Paulo Porto
JAY-Z_bw

Jay-Z é um dos artistas mais bem sucedidos do hip hop mundial. Seu nome é Shawn Corey Carter, mas todos o chamam de Jay-Z. Segundo o próprio, pode possuir 99 problemas, mas vadias não fazem parte deles (“I got 99 problems but a bitch ain’t one”). Dá para entender, pois o cara é casado com a mulher mais desejada do show business, a antiga vocalista do Destiny’s Child, Beyoncé.

18hooj

O verso usado no lead da resenha foi tirado da música “99 problems”, que teve o videoclipe lançado em 2004 pela Roc-A-Fella Records. O álbum foi produzido pelo flexível produtor musical Rick Rubin, que já produziu desde o mais meloso Pop, como Melanie C, Adele, Lady Gaga e Lana Del Rey, até bandas mais pesadas, como Metallica, Slayer, System of a Down e Black Sabbath.

VEJA TAMBÉM: Eminem feat. Dido | Stan

O clipe da música foi dirigido por Mark Romanek (“Hurt”Johnny Cash) e mostra imagens do rapper passando por problemas, como o próprio nome da faixa diz. Obviamente tudo não passa de encenação. O produtor Rubin aparece muitas vezes junto com Jay-Z no decorrer do clipe. A maior parte das cenas foram gravadas no Brooklyn, Nova York, cidade natal do cantor.

vmu4cg

Algumas das cenas mais importantes: Jay-Z e Rubin em um Lexus GS300 sendo parado pela polícia (encenação lírica); Jay-Z no projeto habitacional Marcy Casas onde ele cresceu; Dançarinos de break e um grupo fazendo uma coreografia; Jay-Z tocando em um clube pequeno; Jay-Z sobre a ponte de Brooklyn; Uma mulher se maquiando; Os detentos de uma prisão no Bronx conhecida como Vernon C. Bain Correctional Center; Rick Rubin andando com Vincent Gallo; Um agente funerário fazendo preparativos; Um rabino rezando; Um duelo com muitos espectadores, e os donos dos cães provocando-os na preparação de uma luta; O advogado de Jay-Z, facilitando a fiança, em seguida, reagindo à notícia de sua morte; Um clube de motociclistas Afro-americano de acrobacias de rua; Jay-Z sendo baleado com vários tiros por atacantes desconhecidos. Esta cena final foi muito controversa levando os canais de clipes a removerem todas as cenas com conteúdo violento.

3355jd4

Na MTV, a cada exibição do vídeo,era apresentada uma introdução por John Norris explicando o por que da emissora sentir a necessidade de mostrar o vídeo não editado. A introdução também contou com Jay-Z explicando por que ele acreditava que a cena era importante: o tiroteio era uma analogia à sua “morte” e o “renascimento” de Shawn Carter.

O clipe foi muito bem elogiado pela crítica, tendo ganho inclusive prêmios no MTV Video Music Awards, de Melhor Clipe de Rap, Melhor Diretor, Melhor Edição e Melhor Fotografia de Vídeo. Também foi indicado para Melhor Performance Masculina, perdendo para Usher e o clipe “Yeah!”.

Apesar do prestígio alcançado, ele recebeu duras críticas pela Humane Society dos Estados Unidos devido às cenas que glorificavam a luta dos cães da raça Rotweiller.

A música faz parte do The Black Album, lançado em 2003. O verso “I got 99 problems but a bitch ain’t one” é originalmente tirado do refrão da música com o mesmo nome do rapper Ice-T, lançado no álbum Home Invasion, de 1993.

Diretor: Mark Romanek | Ano: 2004

 

João Paulo Porto
João Paulo Porto

Fundador do 1001 Videoclips e louco por The Smiths