Anúncio com Código

Para Ver Antes de Morrer: #223. Grand Master Flash & Furious Five | The Message

Para Ver Antes De Morrer | 26 dez 13 - por Thiago Murta Ferreira
GrandMasterFlashAndTheFuriuosFive

As mensagens foram para as ruas e a sociedade não iria esperar muito sem poder admirar uma explosão de protestos urbanos combinada com a arte das ruas nos anos 80. O Hip Hop – movimento musical nascido nas periferias de Nova Iorque – estava crescendo como nunca antes e se destacaria até hoje nas grandes metrópoles do mundo.

Ekjojojossa proeza documental que agora iremos entender no videoclipe, foi feito pelo diretor Alvin Hartley, e filmado no Harlem, um bairro de subúrbio na ilha de Manhattan, local berço cultural dos afro-americanos.
Dois rapazes, apenas dois rapazes caminham nessas ruas em direção aos grandes arranha-céus comerciais que compunham a paisagem da cidade. Um deles era o Dj Grand Master Flash, carregando um rádio cassete nos ombros e chamando os companheiros a começarem dali, a fazerem as rimas poéticas do nosso cotidiano visando para pessoas das classes pobres, mostrando um novo ritmo e uma nova arte.

O primeiro mestre de cerimonia, o MC Melle Mel é o porta voz da música, falando sobre as diferenças sociais, dificuldade de ser um negro e de ter que correr atrás da conquista. ele encara a câmera quase o tempo todo, junto com os companheiros em uma residência abandonada e recifrando o refrão mais lembrando no cenário: Don’t push me, cause I’m close to the edge. I’m trying not to loose my head.

Outro destaque é o MC Rahiem que gesticula os comportamentos rotineiros e utilizando-se de metáforas das imagens de uma praça abandonada, demostra interesse nas causas sociais das comunidade pedindo para que não se acanhem dos julgamentos perante a sociedade elitista. – “It’s like a jungle sometimes, it makes me wonder. How I keep from going under?”

As imagens demostradas no videoclipe são elementos de slides em diferentes locais e ruas, mostrando o cotidiano das pessoas, as cenas de partes belas que fazem o contraste ideal das fases sujas da grande metrópole. As trucagens de cenas, como a saturação, textura de pixel e a cromatização de cores, conseguem tornar as cenas mais dinâmicas e com assimilação satisfatória.

Capturar master 1Esses aspectos se tornam um marco para o movimento. As letras e os gestos englobam uma identidade crucial do grupo ao expor de forma direta e crua com o seu estilo na frente da câmera, direto ao telespectador. No fim, o estilo da vestimenta e a postura diferente chamam a atenção dos policias que os colocam todos no camburão.

No geral, o grupo do bairro de South Bronx em NY ficou ativo por cinco anos e lançou dois álbuns de estúdio. Um dos pilares do movimento Hip-Hop que serviria como referencia junto com outros grupos da época como Afrika Bambaataa & The Soulsonic Force, The Sugarhill Gang e o rapper Kurtis Blow.

A música “The Message” não só foi o carro chefe da música Rap e do movimento Hip- Hop dos anos 80, como também seria a base importante para compreender um novo estilo de cultura de massa. A primeira canção a dizer, como hip- hop, a força rítmica e vocal que transformaria nos comportamentos das pessoas a verdade sobre a vida interior da cidade moderna da América.

Grand master Flash 1A letra foi composta por MC Melle Mel e o produtor Ed “Duke Bootee” Fletcher e algumas frases dessa música foram tirados no repertório de “Supperrappin” feito três anos atrás antes do lançamento do primeiro álbum. Outros que completa o grupo é o Mc Kidd Creole, Mr. Scorpio e Cowboy.

Os sintetizadores ligados em um mixer modelo E-mu SP-1200, serviu como base primordial no conceito de Scretch e Sample que transformaria o tom em novos hits nas mãos do Dj GrandMaster Flash. Olhe para esse vídeo sensacional dele,  mexendo na pick up e mostrando o papel do dj para o cenário Hip-Hop da época.[LINK].

Disco obrigatório para entender o hip-hop novaiorquino: “The Message” de 1982 (mais de 50 mil copias vendidas na época).

A mensagem foi enviada como um verdadeiro hino para as gerações futuras.

Direção: Alvin Hartley | Ano: 1982

Thiago Murta Ferreira

Cursando em Turismo na (UNICID – SP), a sua disciplina que mais se dedica é área de Artes e Museologia. Na qual, pretende entrar na carreira de Design em breve. Desde criança assistia e anotava os seus videoclipes interessantes em um caderno. Um bom pretexto que se dedica no site é sobre videoclipes artísticos, do Rock ao Eletro underground dos anos 90 e até os dias de hoje. Sempre procurando as curiosidades relevantes das produções audiovisuais.