Anúncio com Código

Para Ver Antes de Morrer: #225. Frejat | Segredos

Para Ver Antes De Morrer | 16 jan 14 - por João Paulo Porto
Frejat2

É inquestionável o carisma que “Segredos” conquistou com os brasileiros. Um dos hinos ao amor da música popular brasileira só não seria considerada um grande sucesso da carreira de Frejat, ex-Barão Vermelho, como também seu videoclipe, incrivelmente inesquecível, cheio de poesia e beleza, estaria guardado para sempre no coração de todos aqueles que o viram algum dia.

Lançado pelo guitarrista brasileiro em 2002, ele foi criado pela Consequência Filmes. Dirigido pelo trio Maurício Vidal, Renan de Moraes e Léo Santos, e com roteiro de Péricles Barros. A ideia de fazer um clipe de animação veio do próprio cantor. o vídeo teve as cenas descritas e pré-ilustradas por Frejat.

O sucesso de “Segredos” foi instantâneo. Fala a verdade, é difícil não se emocionar com a saga da versão em computação gráfica do cantor tentando chegar até sua amada Lua!

Na trama, Frejat é um apaixonado irresistível e inquieto que escolheu a Lua para se apaixonar. Todos acham que essa história vai terminar mal, mas o nosso querido protagonista tem um coração puro, é sempre gentil, curioso e corajoso e esse jeito determinado acaba por leva-lo ao seu destino final.frejat

Quando ele finalmente alcança o seu amor, descobre que não era bem isso que estava procurando e se apaixona novamente pelo planeta terra. A chama da esperança parece nunca apagar para o nosso querido amigo.

Os produtores criaram um novo padrão audiovisual. Rapidamente o espectador se deixa dominar pela ilusão de que é possível chegar a lua e se apaixonar por ela! E os efeitos especiais, muito bem elaborados, dão credibilidade ao imaginário humano.

O roteiro de Péricles Barros mostra muita criatividade em um videoclipe de ritmo agradável, com o uso emotivo da música e a serenidade do acabamento final. A história narrada tem uma simplicidade emocionante e doce que encanta crianças e adultos.

“Segredos” foi um marco no mercado de animação e produção audiovisual no Brasil. Indicado a “Melhor Vídeo Musical” no Grammy Latino 2003 e 3º lugar na categoria “Melhor Filme Brasileiro” do Anima Mundi, o clipe levou os prêmios de “Melhor Clipe Pop” no Video Music Brasil da MTV (2002) e “Melhor Clipe do Ano” no Prêmio Multishow de Música Brasileira (2003).

No ano seguinte, a mesma equipe de diretores e roteirista reproduziria a mesma estética no clipe de “Túnel do Tempo”, também de Frejat, mas não seria tão cultuada como este primeiro clipe.

Diretores: Maurício Vidal, Renan de Moraes e Léo Santos | Ano: 2002

 

 

João Paulo Porto
João Paulo Porto

Fundador do 1001 Videoclips e louco por The Smiths