Anúncio com Código

Especial MTV – Brasil | Da Abril para a VIACOM – Parte 2.

Artigos | 30 set 13 - por Thiago Murta Ferreira
MTV parte 2

A emissora se alojou em seus 23 anos no prédio da antiga TV Tupi, acentuado na rua: Afonso Bovero número 52, Sumaré – SP, ao lado da padaria Real (na verdade é uma lanchonete). Um lugar que me trás uma admiração tamanha e as vezes caminhando na calçada ao lado, eu via o logo mais lembrado por muitos os jovens que desejaram em trabalhar por lá.

ijuu12594_n

– Eu me lembro dessa rua, porque enviava cartas naquele prédio. Mesmo morando longe da região, sabia que um dia poderia visitar.

Voltando no tema, tinha séries legais produzidos lá fora, no exemplo de  “Jackass“,”Punk’d“, “The Osbournes“, “Scarred” e nacionais como “Hermes & Renato”, “15 minutos”, “Mochilão” e “MTV Sports”. Os desenhos dos mais variados, os curtas “Garoto Enxaqueca”, “Jonas e a Baleiaos longas Beavis And Butt-Head”, “South Park”, “Aeon Flux” e “Celebrity Deathmatch”, o exímio talento de Marco Pavão e equipe fazendo desenhos nacionais como o “Fudêncio e Seus Amigos”, “Megaliga De VJ’s Paladinos” e o Talk Show animado “Infortúnio”.

Sem Título-llkkAs vinhetas Insanas dos anos 80 e 90 criadas pelos idealizadores  Fred Seibert  e Alan Goodman pela campanha “I Want My MTV“, as linguagens sem sentidos e passando pela a modernidade dos efeitos em animação 3D. Estilos conceituais na publicidade e artes plásticas que são referencia na divulgação de mídia até hoje. LINK 1LINK 2,LINK 3.

mtv contra aidsAs causas e comportamentos dos jovens como o “Dia Mundial de Luta contra a AIDS”, “Erótica MTV”, “Meninas Venenos”, ”YA DOG!”, “Ponto Pê”, “Barraco MTV”, ”MTV Na Rua”, “Verão MTV” e o “Debate MTV“, eram referencias para os jovens que trocava os “canais padronizados” que não tinham a menor pretensão e o espaço para as gerações que queriam opinar do que estavam vivenciando.

As noticias do “Jornal da MTV” nessa ocasião já gostavam de bastidores de filmagem e tinha o “MTV No Ar” que revelava novas bandas para diversos cenários musicais. Batalha de musicas como “VideoClash” e os ranks malucos do “Top Top MTV”. Lembra do programa americano chamado “Making The Video”?  Mostrava toda a produção de um videoclipe. Descobrindo diretores como o Spike Jonze, Michel Gondry, e Chris Cunnigham, bem antes eles fazerem verdadeiras importância nos videoclipes e no cinema. Cinema?  Não posso esquecer do “CineMTV“. – Parece brincadeira, mas certamente se eu não tivesse essas “bagagens” aprendidas nesses programas, eu seria muito leigo. Não fazia questão de interessar me por músicas e o pior, de não interessar por videoclipes.

pod portal01Também não era só televisão que a MTV – Brasil engajava. Na internet tinha excelentes canais no Portal MTV. Em 2009, foi o portal de entretenimento na internet que mais revelou sites dos mais variados no Brasil. Época que acessava o Judão, Badalhoca, Artur o Estagiário, Não Salvo, Galo Frito etc. Alguns dos conteúdos de vídeos eram disponibilizados no antigo MTV Overdrive. Hoje é muito comum que esses canais já estão bem estabilizados no Youtube. Vale uma menção honrosa principalmente quando tinha o “Podcast de Cinema da MTV”. Link para ouvir.

Agora passados 23 anos nas mãos do Grupo Abril, a MTV Brasil volta a ser detentora pela VIACOM que é dona também da MTV nos EUA desde 1984.  Chegando no dia 1 de outubro de 2013, a MTV irá se tornar uma emissora fechada. Algo muito comum em outras MTV’s no mundo a fora. A pergunta é: O Que Vai Mudar?  – Bem, vai ser uma tarefa “meio parecido” nos inícios passados do Grupo Abril, uma nova direção e reformulação logística e de investimentos para os tempos atuais. A MTV- VIACOM exibirá 50% de conteúdos Internacionais, 40% conteúdos nacionais, sendo que alguns programas serão de produtos que já existe na gringa e outros 10% para as notícias. Veja a programação

mtv_mascarado_logo_logobr

As exibições nacionais serão passadas pelas produtoras terceirizadas, já que a nova MTV não terá uma sede de produção fixa. O aumento no inicio de conteúdos de reality shows vai ser prescindíveis na grade nova. Entretanto, deverão também se preocupar em produzir conteúdos musicais brasileiros, como notícias, shows e claro videoclipes.  Recentemente a VIACOM comprou os diretos do acervo que foram produzidos pelo Grupo Abril, mas não é definido se vai reformular conteúdos de programas que já tiveram tamanha audiência no canal aberto. A premiação importante da música brasileira que é o VMB, estão avaliando. Em 2013 não será exibida e ainda poderá reformular o evento pela visão dos novos executivos da VIACOM.

1010237_512148258871048_1008771599_nMesmo com a cara “nova”, ainda vai ser a MTV. Um canal contestador, e espero que seja o intermediário das tendências, das inovações, das referencias, dos estilos para os futuros jovens de gerações a gerações. Quem já trabalhou sabe como era os motivos que o Grupo Abril concedeu de volta para VIACOM. Mas nunca pode negar o quanto que essa emissora fez muito na estrutura da mídia brasileira nesses longos anos. Foi nela que estruturou o meu carácter, fico feliz por ter participado na despedida do prédio e… OBRIGADO por tudo MTV – BRASIL e desde sempre “BOTA ESSA PORRA PARA FUNCIONAR!”.

 

Thiago Murta Ferreira

Cursando em Turismo na (UNICID – SP), a sua disciplina que mais se dedica é área de Artes e Museologia. Na qual, pretende entrar na carreira de Design em breve. Desde criança assistia e anotava os seus videoclipes interessantes em um caderno. Um bom pretexto que se dedica no site é sobre videoclipes artísticos, do Rock ao Eletro underground dos anos 90 e até os dias de hoje. Sempre procurando as curiosidades relevantes das produções audiovisuais.