Anúncio com Código

Para Ver Antes de Morrer: #138. Christina Aguilera | Hurt

Para Ver Antes De Morrer | 23 mar 12 - por João Paulo Porto
Christina-Aguilera-Divulgação2

Christina se desvinculou da imagem de teen adolescente e rival de Britney Spears para abusar de sua voz e talento artístico nos presenteando com um disco extravagante e absurdamente maravilhoso: Back To Basics de 2006.  Se Britney ainda carrega o status de princesinha do pop (mesmo que não possua talento vocal), Xtina é definitivamente a substituta mais adequada das grandes cantoras de Soul como Billy Holliday e Barbra Streisand. Um status merecido que ela carrega orgulhosamente.

christina-aguilera-hurt-video-behind--large-msg-122319807486“Hurt” é o segundo e o mais impressionante single de Back To Basics e fala sobre redenção culpa e remorso, uma das coisas mais belas já gravadas nos últimos anos. Escrita por Christina Aguilera, Linda Perry e Mark Ronson, a canção descreve com paixão e realismo como lidar com a perda de um ente querido e devido a sua produção impar recebeu elogios diversos de críticos de música pop e aclamação mundial.

O videoclip é emocionante e descreve de forma convincente os tormentos e glórias de uma artista respeitável. Seu olhar sensível e evasivo contempla a beleza por trás da dor que se esconde através das cortinas do sucesso.

Aguilera é retratada como uma estrela de circo dos anos 40 (década homenageada no disco), o vídeo começa em preto e branco com o tema instrumental de “Enter The Circus/Welcome”, a cantora e produtora Linda Perry (conhecida mundialmente pela powerbalad “What´s Up” do 4 Non Blondes e autora da belíssima “Beautiful” também interpretada por Aguilera) introduz a voz de apresentação do circo.

Christina+Aguilera+The+real+CIRCUS+2006_largeA transição para a cor começa quando Aguilera aparece em um camarim antiquado, recebendo flores e um telegrama importante. Um flashback mostra então Aguilera jovem, interpretado por Laci Kay, com seu pai, interpretado por Timothy V. Murphy, arrebatados pela visão de uma equilibrista, interpretada por Elizabeth Glassco. Com o incentivo de seu pai, Aguilera começa a treinar-se a fazer o mesmo. Quando o vídeo muda para uma Aguilera adulta, ela aparece descendo do alto de uma tenda de circo em uma corda, na parte traseira de um elefante e um equipamento estruturado de jóias, com o pai assistindo a adoração na platéia. Mais tarde, ela tenta cumprimentá-lo, mas é afastado por fãs e fotógrafos interessados em conhecer a estrela. O conteúdo do telegrama se revelou uma mensagem da morte de seu Pai. Aguilera então percebe que ela estava muito envolvida em seu estrelato e esqueceu-se do que realmente importava em sua vida. Ela corre através do circo, em uma tentativa tardia de encontrar seu pai. O vídeo termina com Aguilera sentada em uma caixa de circo, cantando e gritando, em seguida, ela aparece agonizando no chão do lado de fora da tenda do circo.

O videoclipe foi dirigido por Floria Sigismondi e a própria Xtina como co-diretora e filmado em cinco dias. Recebeu vários prêmios da crítica especializada e alcançou boas posições nos canais de vídeos mundo afora.

r68or68oO mais interessante deste trabalho é a paixão com que Aguilera interpreta carismaticamente a personagem demonstrando um talento – mesmo que limitado – para as artes cênicas.  Se não bastasse a performance extraordinária, a diretora conseguiu construir uma atmosfera circense dos anos 40, incluindo o figurino impecável que remete àquela década e a magia dos circos do passado, quando eles ainda impressionavam e eram uma das mais importantes formas de entretenimento até o início do século 20, quando outras formas de entretenimento, como o cinema por exemplo, tomaram seu lugar.

Alem de ser uma celebração do show business, da vida e da dor, “Hurt” é também e principalmente uma celebração da música, que Xtina usa engenhosamente e com destreza. Seu talento artístico foi explorado ao máximo neste videoclipe e é a prova mais convincente do seu poder artístico nada convencional.

Diretores: Floria Sigismondi e Christina Aguilera | Ano: 2006

João Paulo Porto
João Paulo Porto

Fundador do 1001 Videoclips e louco por The Smiths

  • Não sou fã da Aguilera mas achei seu projeto muito interessante. Como você organiza sua lista de clipes? Já tem algo em mente ou a cada dia escolhe uma música se baseando em algum estado de espírito?

    Visite meu blog:
    http://asabiaignorancia.blogspot.com.br/

  • johnny

    não necessariamente em um estado de espírito, mas na importancia deste videoclipe para a cultura pop mundial.

    a minha lista só cresce mas infelizmente, ando sem tempo para atualizar com frequencia.