Anúncio com Código

Para Ver Antes de Morrer: #208. Cesária Évora | Sodade

Para Ver Antes De Morrer | 08 set 13 - por João Paulo Porto
CesariaEvora

Cesária Évora, popular cantora de Morna, um estilo musical único, uma estranha mistura do fado português, da modinha brasileira, do tango argentino e do lamento angolano e canta a saudade de deixar a terra e o amor por ela. É simbolo maior de Cabo Verde, e tem em Évora, seu maior representante.

sodade-wm_480x360A carreira começou cedo. desde os 16 anos, já cantava em bares e em festas particulares, a troco de algum dinheiro, cantando cantigas de amor, pobreza e sobre o mar, para sustentar a família e o vício na bebida, mas foi apenas aos 47 anos que o mundo abraçou a sua veia artística. Seu timbre único e poderoso conquistou os franceses atraves do seu padrinho musical, José Da Silva, que a levou para Paris para gravar um disco e assim, conquistou o coração dos parisienses. Conquistar a reputação internacional foi apenas um passo e já na década de 90, se firmaria como um dos maiores nomes da World Music. Em 1992, ela lança o elogiadíssimo Miss Perfumado, um desfile impar de canções belas e apaixonantes onde apoia toda a sabedoria do canto numa canção responsável pelo sucesso mundial.

“Sodade”, que evoca a delicadeza da Morna, tornou-se seu carro chefe, apresentando ao mundo a beleza de sua voz. O videoclipe, gravado num simples ambiente interno pobre e inspirador, era a mais pura representação de sua personalidade. A simplicidade que lhe era característica na forma de falar, de lidar com as pessoas, sem cerimônias, sem decoros exagerados, simplesmente a Cize (como era chamada pelos mais íntimos) estava toda lá, imortalizada no videoclipe

Cesaria Evora
“Chorar por um homem? Não, tenho um espírito muito forte (…). Quando um homem me deixa vou logo à procura de outro, não há tempo a perder!”

Conhecida como a “diva dos pés descausos”, pela estranha rejeição aos sapatos no palco, a rainha da morna aparece cantando em um traje simples, cercada pelos músicos em seus apurados instrumentos. A câmera, sempre se movimentando, sempre realçando o seu jeito de andar, de cantar, de falar com o público em sua maneira única e magistral. Até mesmo o gesto simples de pegar um copo de água para saciar a sede se torna belo em sua forma.

Depois do sucesso no mercado francês, no início dos anos 1990 com “Sodade” e até ao final desta década, Cesária Évora teve uma carreira exemplar, com turnes por todo o mundo. Chegou a cantar com Caetano Veloso, Marisa Monte, trabalhou com nomes como Emir Kusturica e Linda Rondstadt. Ganhou o Grammy de melhor disco de world music em 2004 e em 2009, recebeu do presidente francês, Nicolas Sarkozy, a medalha da Legião de Honra, a mais alta condecoração civil francesa.

Apesar da sua grandiosidade e reconhecimento pelos vários cantos e recantos do mundo por onde já andou, Évora manteve a sua humildade até o leito da morte em Dezembro de 2011, em sua terra natal.

Diretor: Desconhecido| Ano: 1992

 

 

 

João Paulo Porto
João Paulo Porto

Fundador do 1001 Videoclips e louco por The Smiths