Anúncio com Código

Para Ver Antes de Morrer: #185. Björk | Army Of Me

Para Ver Antes De Morrer | 24 mar 13 - por João Paulo Porto
bjork-cantante-1

“E se você reclamar mais uma vez, irá encontrar um exercito formado por mim”. É com este refrão perigoso que Björk contempla uma de suas canções mais fascinantes. Também seguindo a filosofia dessa sentença que se concretiza o videoclipe para esta canção, dirigido pelo brilhante Michel Gondry.

carParceiro de longa data de Björk, aqui o diretor imprime sua marca ao dirigir uma Bjork furiosa, rugindo com dentes de metal e dirigindo um tanque de guerra em uma rua para sua canção inspirada, segundo ela, na doçura e bravura escondida dos ursos polares, “Os ursos polares são fofos e tranquilos, mas quando você cruza com alguns deles, eles podem se tornar agressivos e perigosos”.

A letra reflete sobre as pessoas que sentem pena delas mesmas e não buscam soluções para seus problemas.  Na verdade, ela se refere ao seu irmão, implora para ele buscar seu próprio caminho e ser responsável por si mesmo.

Qualquer que fosse seu objetivo, Björk nos presenteou com um rock industrial eletrizante misturado com música eletrônica impactante e altamente eficaz, como comprovado na trilha sonora do louco Sucker Punch (2010).

No estranho vídeo da música, Björk é a motorista de um caminhão-tanque. A cantora declarou que queria capturar esse sentimento em forma de “caminhão-tanque” em uma grande máquina sem parar pela cidade e ainda declarou: “Eu pensei que eu deveria dirigir um caminhão muito, mas muito grande para tentar acordar esta pessoa que está dormindo, então eu consegui o maior caminhão do mundo e eu sou tão louca que eu tenho dentes metálicos, porque quando você está realmente com raiva, você range os dentes. Então eu tenho que ir ao dentista, que tenta roubar de mim um diamante que eu não sabia que tinha“. O dentista é realmente um gorila, e Björk explicou: “Army Of Me” fala muito sobre mim, na verdade, é sobre o que eu tenho que saber defender. Eu tenho que me levantar e lutar contra um gorila de merda. Uma vez que eu tenho o diamante e eu fugi com ele, ele torna-se enorme porque é meu. Mas, se o gorila o tivesse mantido, ele teria ficado muito pequeno. “Isso é surrealismo para mim.”

MAIS SOBRE Bjork

O vídeo da música abre com Björk, vestida com um quimono preto de karatê, dirigindo um veículo de grande porte que está carregando um homem em sono criogênico em uma cidade, mas os homens parecem ignorar a massa do veículo. O veículo começa a quebrar lentamente, levando Björk a verificar o motor. Flutuando para fora do veículo, ela se vira para a câmera e mostra os dentes metálicos. A  montagem do motor do veículo é composta de uma boca na qual todos os dentes podres aparecem. Comicamente exagerado, um homem de aparência desgrenhada envolvida em uma nuvem de mau cheiro rasteja para fora da boca ofendendo os pedestres.

Capturar3 bjorkBjörk toca seu rosto, parecendo ter uma dor de dente, e seguirá para o escritório de um dentista nas proximidades. Enquanto ela vai para a sala do dentista, sua imagem aparece refletida em uma série de espelhos que tornam impossível distinguir seu verdadeiro eu. Ela é examinada pelo dentista, um gorila antropomórfico, que descobre um diamante em sua boca. O dentista tenta roubar o diamante para si, mas aos trancos Björk o derruba, recupera o diamante e escapa do escritório. Ela pega o diamante de volta ao seu veículo que se multiplica em tamanho o tempo todo, até que ela lança o diamante na boca do veículo, que aparentemente, corrige a sua aflição.

Ela então vai a um museu carregando uma mochila contendo uma bomba. O museu é cheio de coisas surrealistas como espelhos que refletem pessoas não-existentes. Disfarçadamente passando pelos guardas do museu, ela coloca a bomba em uma das exposições, um homem deitado sobre um altar em um sono profundo (referência ao seu irmão). Ela, então, foge em direção a saída do museu, antes da bomba explodir. Após a explosão, ela volta a entrar no prédio para encontrar todos os visitantes desarmados e o homem do altar despertado pela explosão. Björk o abraça profundamente e lágrimas de diamantes escorrem de seus olhos!bjork_armyofme

O vídeo foi bem recebido pela crítica. Em 1995, o vídeo foi nomeado para dois MTV Video Music Awards, um para Melhor Efeitos Especiais em um vídeo e um para o Prêmio Internacional Viewer Choice – MTV Europa, perdendo para “Love Is Strong” dos Rolling Stones“Hold Me, Thrill Me, Kiss Me, Kill Me” do U2. O vídeo foi mostrado frequentemente na MTV, cortado antes de a bomba explodir. Existe uma versão do vídeo da música sem a explosão da bomba, e outro mostrando “To Be Continued” no final.

O videoclipe sugere que, se a arte audiovisual oferece um vislumbre da realidade, trata-se de um mundo de fantasia no qual a metáfora se torna uma ferramenta eficaz de representação da realidade, diante do olhar inquietante da câmera.

Diretor: Michel Gondry | Ano: 1995

João Paulo Porto
João Paulo Porto

Fundador do 1001 Videoclips e louco por The Smiths