Anúncio com Código

Para Ver Antes de Morrer: #232. Basement Jaxx | Where’s Your Head At?

Para Ver Antes De Morrer | 11 maio 14 - por Thiago Murta Ferreira
Basement Jaxx

Um produtor musical foi convidado para ver uma exibição de macacos altamente modificados, vendo um novo hit eletrônico nascendo de dentro de um laboratório nada convencional. Não imagine o produtor que será iludido pelos doutores com os seus símios tocadores de instrumentos. Até que a crise do refrão da música ataque os neurônios, e o nosso produtor tentar sair de lá antes que eles avancem.

besement 3Essa brincadeira de extremo nos faz pensar positivamente; – Por que não descobrir um local aleatório com os integrantes inusitados? Na entrada do laboratório, ele se depara com uma ambulância retirando um cara com um contra baixo nas mãos, o cara está lúdico na maca sendo levados pelos assistentes da clinica. A situação está bastante cômica, quando ele vê no corredor uma assistente levando um teclado para uma sala misteriosa. Até que ele é convidado para entrar no escritório do doutor careca com uma maquete de um macaco tocando um banjo. As reações do personagem de não entender nada do que está acontecendo são hilariantes que vendo as intenções do doutor, faz com que ele se sinta constrangido naquela situação.

As cenas são rápidas e com muitos cortes, filmagens frias para dá um ar de um estabelecimento assustador, até que começam as cenas de efeitos digitais – o chamado “face point” . O doutor demostra o seu experimento para o produtor desolado naquela sala misteriosa. Até que se depara com os macacos de verdade, com os rostos digitalizados do bando (dos  próprios integrantes do Basement Jaxx).Eles agradam o produtor de início, tocando com esmero em seus instrumentos, no contra baixo, banjo, teclado e no equipamento de DJ. Chegando a sensibilizar o produtor que imagina; como seria legal colocar esses símios ao estrelato musical. Porém, fica só no sonho, porque tudo desanda quando o refrão da música faz com que os macacos despertem em reações agressivas diante a presença do nosso espectador.besement 434

Definindo um instinto em cadeia  de destruição e indo em direção ao gordinho produtor que nessas horas está apavorado. As reações ficam bastante tensas devido a fuga, as crises histéricas dos cientistas e é claro, a nos deparar com uma máquina que troca de identidade de um homem com um outro animal.

VEJA TAMBÉM: Sofisticado e elaborado minuciosamente, o fantástico videoclipe de “Islands” do grupo inglês The XX apresenta um conceito que jamais poderia ter sido imaginado antes. > http://ads.tt/1CPPY

Totalmente bizarro e incrivelmente divertido. A a cara do ator Damian Samuels quando ele olha uma lista na parede que o próprio será o próximo dessa experiência “freak” de troca de cérebro. – É hilário. Ele se depara com outro um doutor que joga as suas coisas da bolsa de forma estranha. No fim, não há escapatória. Ele até consegue pegar a sua bolsa e pula na janela, mas ele se depara com o doutor sádico do inicio, com o seu cachorro geneticamente alterado falando: “We can live on, live on without you”Que medo!

199Uma ideia genial de ter um vídeo que é mais lembrada do que a própria música. Feito pela a agência da Traktor e pelos idealizadores Mats Lindberg, Pontus Löwenhielm e Ole Sanders, na produção teve ajuda do diretor McG. Apesar de que na filosofia deles não importa de quem é o vídeo, quem assina é a Traktor. – Então, tudo bem.

Basement Jaxx é um duo britânico formado pelos músicos Simon Ratcliffe e Felix Buxton, o grupo nasceu nos anos 90s junto com Prodigy e The Chemical Brothers, anos que a música eletrônica teve um auge no que diz a respeito de videoclipe. No hit “Where’s Your Head At?” fez muito sucesso no segundo álbum titulado Roots de 2001, um dos álbuns mais elogiados pela critica na década passada. O videoclipe foi nominado o “Melhor Vídeo do Ano” no MTV Europe Music Awards de 2002.

Direção: Traktor | Ano: 2001

Thiago Murta Ferreira

Cursando em Turismo na (UNICID – SP), a sua disciplina que mais se dedica é área de Artes e Museologia. Na qual, pretende entrar na carreira de Design em breve. Desde criança assistia e anotava os seus videoclipes interessantes em um caderno. Um bom pretexto que se dedica no site é sobre videoclipes artísticos, do Rock ao Eletro underground dos anos 90 e até os dias de hoje. Sempre procurando as curiosidades relevantes das produções audiovisuais.