Cenário Nacional: Alaska embarca em uma jornada de autodescoberta em divertido clipe dançante

Cenário Nacional | 13 mar 19 - por João Paulo Porto

Enquanto a letra dialoga sobre uma busca interna de auto-conhecimento, cada membro da Alaska dança em seu próprio espaço seguindo a ideia de “dance como se ninguém estivesse olhando”. Bebendo de uma estética kitsch de karaokê, a banda paulistana lança o clipe “Tem que ver isso aí”, dirigido por Lucas Furtado (Scalene).

Alaska é formada por André Ribeiro (vocalista), Nicolas Csiky (bateria), André Raeder (guitarra), Vitor Dechem (teclado, guitarra e voz) e Wallace Schmidt (baixo). Amigos de longa data de Lucas Furtado, a banda lhe deu total liberdade para trabalhar imagens no chroma-key atrás dos músicos. A ideia da estética do vídeo já era uma maquinação antiga entre a Alaska e o diretor.

“Há alguns anos estávamos em um restaurante mexicano com o nosso amigo Lukão (Lucas Furtado, o diretor) e estava rolando um vídeo muito tosco, estilo videokê na televisão. Aproveitando todo o discurso e estética sérios que abordamos o NVMO até então, achamos que seria o melhor ou pior momento possível pra fazer algo sem significado ou motivo algum”, conta o baterista Nicolas.

“Ninguém Vai Me Ouvir” foi produzido por Gabriel Olivieri (Cavalo) e foi masterizado por Carlinhos Freitas (Classic Master). Guilherme Garofalo foi o responsável pela arte do álbum. O disco da Alaska é um lançamento Sagitta Records.

João Paulo Porto

Criador do site 1001 Videoclips e apaixonado por The Smiths.