Anúncio com Código

Para Ver Antes de Morrer: #140. Adam & The Ants | Prince Charming

Para Ver Antes De Morrer | 21 abr 12 - por João Paulo Porto
normal_Adam__The_Ants_01

A extravagância de Adam Ant não se limitava apenas ao visual, sua música possuía elementos sonoros (como ritmos africanos) jamais ouvidos em discos de rock anteriormente e sua ousadia sonora o transformou num dos artistas mais influentes do pós-punk inglês.

SNN30BB04ANT-380_520206aA música de Adam, porém, possuía outra peculiaridade que transformaria a forma de entendermos música. Em 1981, o single “Prince Charming” chegaria ao número um na Inglaterra e Adam admitiria que era impossível entende-la corretamente sem haver um vídeo.

Ele estava certo. A canção se caracterizava por possuir uma sequência de frases sem sentido – como: “ridicule is nothing to be scared of” (não há o que temer no ridículo) – que só se encaixariam numa conexão lógica se acompanhadas de um videoclipe.

O protagonista do vídeo é um pobre andarilho que foi transformado em um príncipe por sua fada madrinha e que havia lhe dado um carro novo. Nada disto é dito na canção, mas serve como complemento para entendermos a mensagem sugerida pela música (que é apenas se libertar dos padrões impostos pela sociedade e ser você mesmo)

O vídeo foi notável por sua produção extravagante e estilo cinematográfico bastante comuns nos anos 80. Ele apresentava um valente Adam Ant, com roupas extravagantes, realizando uma dança bizarra. O vídeo também contou com Diana Dors como a fada madrinha em uma de suas últimas aparições na tela.

Diretores: Mike Mansfield e Adam Ant | Ano: 1981

João Paulo Porto
João Paulo Porto

Fundador do 1001 Videoclips e louco por The Smiths