Para Ver Antes de Morrer: 44. Talk Talk | It’s My Life

Anos 80, Para Ver Antes de Morrer | 24 out 18 - por João Paulo Porto

Em 1984 o Talk Talk explodiu com a música “It´s My Life”. O clipe, dirigido por Tim Pope, é um desfile de imagens da beleza dos animais em seu habitat natural, a riqueza da natureza em sua diversidade fantástica e por fim, o respeito que devemos ter para com o meio ambiente. Todas essas idéias estão representadas nas faixas que impedem o vocalista, Mark Hollis, de falar. É um apelo para que paremos de aprisionar os animais em zoológicos, para que não mais destruirmos seu habitat natural e poluir o meio ambiente. 

O clipe começa com a visão das penas e do olho de uma águia: penetrante, vivo, selvagem. Sucedem-se imagens de flamingos, baleias, focas, ursos, zebras, cobras, macacos, elefantes, cangurus. Antílopes correndo em câmera lenta, recurso que emociona bastante em conjunto com o clímax da música, no refrão: “It’s my life / don’t you forget / It’s my life / It never ends.”



Ao fim do clipe, uma piscadela de Hollis parece dizer: “E então? Captaram a mensagem?”. Segue a última imagem: a silhueta de um canguru à luz do entardecer, como que fechando o dia agitado das personagens desse vídeo.

O diretor Tim Pope, dirigiu vários outros grandes clipes dos anos 80, vários do Talk Talk, Soft Cell, Psychedelic Furs e ainda a maioria dos clipes do The Cure. Neste, ele utiliza alguns efeitos gráficos que aparecem tapando a boca de Hollis enquanto cenas de animais em zoológicos são transmitidas. Neste momento, podemos interpretar como o pedido de socorro de seres indefesos que não podem falar por si. 

Apesar dos precários efeitos – claro, eram os anos 80 – a mensagem final ainda é pertinente e tem muito o que dizer em tempos turbulentos. 

Diretor: Tim Pope | Ano: 1984

 

João Paulo Porto