Para Ver Antes de Morrer: 0010. Robert Palmer | Addicted To Love

Anos 80, Para Ver Antes de Morrer | 20 fev 18 - por João Paulo Porto
robert-palmer

Em 1986, o clipe de Robert Palmer para o seu mega-hit  “Addicted to Love” causou bastante sensação, tornando-se um dos mais emblemáticos e duradouros da década de 1980, definindo o que era a moda na década. O vídeo tornou-se um ícone dos anos 80, e se tornou constantemente parodiado, inclusive no famoso clipe de “Man! I Feel Like A Woman” da Shania Twain. 

O video apresentou Palmer cantando na frente de uma “banda” de belas mulheres que pareciam exatamente iguais. Elas usavam muita maquiagem e roupas idênticas e fingiam tocar os instrumentos. O visual elegante provavelmente foi inspirado pelo estilo art-deco do artista americano Patrick Nagel (1945-1984) que pode ser visto na capa do álbum Rio do Duran Duran, seu trabalho mais famoso. 

Entretanto, o clipe recebeu duras críticas de grupos feministas que o acusavam de sexualizar as mulheres. Palmer sempre insistiu que o seu vídeo não pretendia parecer sexista. Inclusive uma das modelos do vídeo, Mak Gilchrist chegou a comentar que nenhuma das garotas sentiu que estavam sendo exploradas – “Isso foi um choque para mim, quando as pessoas disseram que o vídeo era degradante para as mulheres. Pensei o contrário; Pensei que ficássemos fortes e bastante assustadoras”.

O clipe deu certo porque foi dirigido por Terence Donovan, o fotógrafo que, duas décadas antes, capturou os anos 60 em Londres para a Vogue e Man About Town. Ele fez parte da explosão da era de ouro da MTV, dirigiu outro clipe para Palmer – “Simply Irresistible” e trabalhou com Toyah, Malcolm McLaren e Liza Minelli até cometer suicídio em 1996. Palmer faleceu em 2004 após um ataque cardíaco. 

Direção: Terence Donovan | Ano: 1985

João Paulo Porto